23/11/15

Panforte




Conheci esta receita num livro de sobremesas, que faz parte de uma das imensas coleções, bem antigas, que por aqui andam, com a denominação de Bolo Siena.
Chamou-me a atenção pela profusão de frutos secos, devidamente envolvidos numa interessante massa de chocolate. Ao ler os ingredientes e modo de confeção verifico que terá textura densa como gosto.
Começo a pesquisar, e em vários locais encontro um segundo nome para a mesma receita. Ora trata-se de um doce típico da zona de Siena, Itália, de origem conventual, mais vulgarmente denominado de Panforte.
É uma iguaria que marca presença nas mesas italianas não só pela altura do Natal, apesar de se adaptar lindamente à quadra, mas durante todo o ano, como bom doce típico que é.
Verifica-se que os frutos cristalizados e bastantes especiarias, nomeadamente, noz moscada, pimenta da Jamaica ou sementes de coentros, enriquecem este bolo nas suas versões mais antigas e, naturalmente, mais próximas da original.

Entendi que o mel poderia desempenhar suficientemente bem o papel de adoçante e resolvi suprimir o açúcar da calda, incluindo em alternativa um pouco de xarope de ácer. Suprimi também o toque cítrico dado pelas cascas de laranja e limão, que numa próxima repetição da receita (que haverá!) irei experimentar. Respeitando os ingredientes das versões originais garante-se também a sua durabilidade, pois é um bolo que aguenta bem vários dias em bom estado, desde que protegido em ambiente hermético.

O resultado acabou por ser menos denso e húmido do que esperava, claramente devido à ausência da caramelização do açúcar, mas ainda assim muito bom. Não deixa de ser um tipo de bolo que adoro, quanto mais não seja pela sua intensidade e pela carga de avelãs e amêndoas que suporta.

Numa versão mais saudável, fiquem com este delicioso e bem recheado "Pão Forte", que, com as devidas diferenças, encaixa perfeitamente numa mesa de natal a surpreender os não apreciadores de bolo rei.







































PANFORTE ou BOLO SIENA
(Receita adaptada do Bolo Siena, Livro "Sobremesas", Coleção "Boa Mesa" - Caras Especial)

Ingredientes
(10-12 fatias)

125 gr de amêndoa, inteira (mantive a pele)
125 gr de avelã, inteira
5-7 damascos, secos
80 gr de farinha
2 colheres (sopa) de cacau em pó
1 colher (chá) de canela em pó
80 gr de chocolate de culinária (70% de cacau)
1/4 de chávena (chá) de água
1/2 de chávena (chá) de mel
1/4 de chávena (chá) de xarope de ácer
Açúcar em pó

Preparação

Pré-aquecer o forno a 160ºC. Untar com manteiga e forrar com papel vegetal uma forma redonda de 20 cm de diâmetro.
Cortar as amêndoas em pedaços grandes e levar ao forno a torrar ligeiramente durante 10 minutos, num tabuleiro na parte baixa do forno.
Levar as avelãs ao forno cerca de 15 minutos, até a pele se soltar. Retirar do forno, coloca-las num pano, fechar bem e esfregar até a pele se soltar o mais possível. Partir grosseiramente as avelãs.
Cortar o chocolate em pedaços. Reservar.
Numa taça juntar a farinha, o cacau e a canela. Misturar as amêndoas, as avelãs, o chocolate e os damascos picados.
Levar a lume brando a água, o mel e o xarope de ácer. Aumentar o lume e deixar ferver, mexendo sempre. Manter em ebulição até alourar ligeiramente.
Misturar o chocolate e a calda com a farinha, e mexer até obter uma massa homogénea.
Verter a massa na forma (usar as costas de uma colher húmida para alisar a superfície, se for necessário). Levar ao forno cerca de 30-35 minutos, até estar firme e cozido. Verificar com um palito no centro do bolo e retirar do forno. Deixar arrefecer na forma.
Depois de frio desenformar e polvilhar com açúcar em pó. Partir em fatias e servir.

Nota: Pretendendo ser fiel à versão original, deve-se trocar os damascos por 1/2 chávena de raspas finas de laranja e limão, assim como o xarope de ácer por igual quantidade de açúcar.



18 comentários:

  1. Este bolo nunca fiz mas tenho a receita guardada. Agora depois de ver o teu fiquei ainda com mais vontade de experimentar! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já a tinha marcado há bastante tempo e andava ansiosa por testa-la!
      Foi aprovadissima e não tardará a ser repetida ;)

      Bjinhos

      Eliminar
  2. Ai que maravilha. Eu sou um bocadinho suspeito, é verdade. Passo a explicar, sou apaixonada por Itália, pelo país, pela lingua, pela cultura mas principalmente pela gastronomia. Mas nunca experimentei este bolinho! Levo a receita comigo para desta vez não me escapar :)
    Beijinhos
    Cláudia
    http://vidadeprazeres.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então partilhamos essa enorme paixão! :)
      Toca a fazer pois vale tanto a pena.

      Bjinhos

      Eliminar
  3. Eu não aprecio nada bolo rei e então opto sempre por fazer bolo rainha.
    Acreditas que ando há tempos com uma receita de pão forte para testar? mas é tanta receita que quero testar, que muitas vai ficando para trás...
    Adorei esta tua versão e o aspecto e os ingredientes que usaste.
    Um beijinho linda,
    Lia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto de bolo rainha, Lia... Ou bolo rei de chocolate que já é muito frequente por cá.
      Mas o panforte é diferente e confesso que mais o meu género. :)

      Bjinhssss

      Eliminar
  4. Só assim de olhar para essas imagens lindas já me convenceu! Não conhecia esse Panforte, mas tem tudo para me agradar, mesmo na versão mais saudável que apresentas. Eu sou fã de chocolate e então se for combinado com frutos secos, tanto melhor.
    As tuas imagens estão cada vez mais lindas Susana, Parabéns!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito Obrigada, Célio :)
      O Panforte esteve nos rascunhos tempo demais, agora que o fiz arrependo-me de não o ter feito há mais tempo ;)
      Este Natal marcará presença cá por casa, certamente.

      Bjinhoss

      Eliminar
  5. Gostei mesmo deste teu Panforte!!
    Que delícia com os frutos secos, a canela, essa calda de mel.
    Conheço a receita de ver em livros mas nunca fiz, deixaste-me com imensa vontade.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Toca a fazer, Inês!
      Sei que vais adorar, e se for preciso carrega mais no chocolate :D :D

      Bjinhosss

      Eliminar
  6. Gostei muito desta sugestão, e parece-me uma excelente alternativa ao bolo-rei, que cada vez aprecio menos...
    E como disse o Célio, as tuas fotos estão maravilhosas, o que o torna ainda mais apetecível, e aumenta claramente a vontade de o fazer :)
    Beijinhos
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marta,
      Na minha opinião, com as devidas diferenças, é realmente uma fantástica alternativa ao tradicional Bolo-Rei.
      Obrigada pelas palavras :) Vai-se melhorando e fico muito contente com esse feedback.

      Bjinhoss

      Eliminar
  7. Não conhecia este panforte! Mas, conquistou-me com essa combinação de frutos secos, canela com a calda de mel. Uma delícia mesmo!
    As fotos estão lindas!
    um beijinho

    ResponderEliminar
  8. Minha querida, felizmente (e ainda bem) tive o enorme prazer de saborear cada pedacinho desse panforte. Digo que amei e que sim vou fazer cá em casa. Sabores únicos que conjugados casam na perfeição com os meus gostos. As fotos... essas minha amiga já sabes que estão fantásticas. Tenho adorado assistir a toda esta evolução. Parabéns.
    Beijinho grande
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostaste, amiga, e que ajudou a adoçar ainda mais o teu dia :)
      E muito obrigada pelas palavras, sabes que valorizo muito.

      Bjinhos

      Eliminar



Opiniões agradecem-se! Fiquem à vontade :)