05/03/15

Abacate Recheado





A minha relação com o abacate está em fase de "work in progress", desde que me lembro.


Não é que o deteste, pois até o vou comendo em versões doces. Ainda que também me vá esquecendo um pouco dele ou substituindo por outras frutas com o mesmo desempenho. A questão é que tenho grande dificuldade em suporta-lo em versões salgadas. Então ao natural, nem pensar.

Como me acontece com outros alimentos, de potencial nutricional significativo e mais do que reconhecido, vou, ainda que de forma muito lenta, tentando dar  hipóteses ao Abacate. 
Quando vi esta receita no livro em questão, gostei do aspecto e achei que a mistura de ingredientes e sabores me poderia fazer mudar um pouco este sentimento.

De facto este resultado com toque tropical torna-me o abacate muito mais agradável. Sendo uma opção bem saudável e diferente para que este fruto possa começar a fazer parte das refeições de uma forma prazeirosa, fica ainda garantido o consumo de mais uma fonte de anti-oxidantes, ómega 3 ou ácido fólico, que ajuda a prevenir várias maleitas indesejáveis.








































ABACATE RECHEADO
(Receita adaptada do livro "Sabores de África", de Conceição Santos)

Ingredientes
(4-6 pessoas)

1 abacate maduro
1 lata de atum, ao natural
2 colheres (sopa) de polpa de tomate
100 gr de côco ralado
1 iogurte grego natural
Sumo de lima
Pimenta
Sal

Preparação

Cortar os abacates ao meio no sentido do comprimento. Rejeitar o caroço e retirar a polpa com cuidado para um recipiente. Reservar a casca.
Misturar a polpa do abacate, bem picadinha, com o atum desfeito, o iogurte, o molho de tomate e o côco ralado. Temperar com sal, pimenta e sumo de lima e envolver bem. Rectificar temperos, se necessário.
Encher as cascas do abacate com o preparado.
Polvilhar com um pouco de côco ralado torrado.
Decorar a gosto e servir fresco, com tostas ou pão, e uma salada. 

Nota: em relação à receita original apenas substitui as natas pelo iogurte e o limão pela lima.





Fonte:

http://www.wook.pt/ficha/sabores-de-africa/a/id/1553366?a_aid=54775e8533ab4



12 comentários:

  1. Adorei a tua sugestão!
    Sou fã de abacate.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então este pratinho é uma delicia! ;)

      Bjinhos

      Eliminar
  2. nem gosto nem desgosto de abacate mas esse está com muito boa cara, talvez me convença :D.


    www.ocantinhodosgulosos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai este convence de certeza! A mim convenceu-me ;)

      Bjinhos

      Eliminar
  3. O abacate é um fruto que como desde criança , em Angola havia bastantes .
    Gosto de comer ao natural em saladas e sandes.
    Assim recheado nunca fiz mas achei o teu uma delicia
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São, não consigo ainda ter essa relação com o abacate, mas tenho-me esforçado! :)
      De certeza que ias gostar deste.

      Bjinhos

      Eliminar
  4. Cheira a coisa boa Susana!
    Eu sempre gostei de abacate, apesar de o ter provado pela primeira vez já devia ter uns 18 anos. E adorei, adoro usar em saladas e guacamole, e claro, nos doces :)
    Este recheado com sabores tão exóticos deixa-me com vontade de provar, molhar aí a tostinha!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É coisa boa, Maria Inês! :D
      Tens de experimentar.

      Bjinhos

      Eliminar
  5. Eu acho-lhe muita piada ao abacate, em versão doce ou salgada, não sou esquisita com ele. Este petisco vou ter de fazer! Depois conto-te.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conta conta, Gori!
      Eu sou fã nesta versão, apenas! Para já... :)

      Bjinhos

      Eliminar
  6. Acredita que ainda não provei o abacate a não ser no guacamole !
    Grande falha a minha, pois ao ver esta tua receita, dou-me conta do que ando a perder !
    Adorei estes assim, recheados de coisas muito boas !

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabel, esta versão é muito interessante. Eu gostei e não gosto de abacate :) Experimenta!

      Bjinhos

      Eliminar



Opiniões agradecem-se! Fiquem à vontade :)