01/10/15

Bolo de Marmelo, Pinhão e Especiarias



 
Cada estação, um encanto especial e único.

Gosto do sol e do calor. Gosto da praia, da roupinha fresca e arejada, dos dias compridos e super iluminados, de usufruir mais do dia, de puder fazer mais coisas e estar muito com quem gostamos. 
Adoro o Verão. Mas desde miúda que tenho uma relação mais próxima e afetuosa com as estações frias e molhadas. Lembro-me de, na escola, gostar muito mais dos dias cinzentos e chuvosos, de andar com várias camadas de roupa, enfiar golas altas e cachecóis por cima, por as botas e chapinhar nas poças de água até não poder mais (ou até ficar com a pele toda enrugadinha!).

Hoje, o encanto pelas estações frias reflete-se também e bastante na comida. Adoro os ingredientes que o Outono nos dá.
As suas cores, que só por acaso são as minhas, os seus aromas e texturas intensas, dão-me um entusiasmo único!

O desafio deste mês do "Dia Um... Na Cozinha" propõe-nos algo que simplesmente faz parte de quase todas as semanas dos meus Outonos dos últimos anos: fazer bolinhos bem quentes, dourados e intensos para acompanhar com um bom chá.
Para esta proposta usei um fruto da época que só havia testado nesta Tarte Tatin. O Marmelo. Sendo um fruto muito presente na nossa cultura gastronómica na forma da típica Marmelada, confesso que, não me sendo muito familiar, gostei bastante de o conhecer melhor.

O aspecto final, afastando-se um pouco do que esperava em termos de exterior, superou os parâmetros da intensidade, sabor, cor e textura, fazendo-se assim merecedor de participar no desfile desta edição.
É um bolinho bem forte e marcante, cheio de aromas, denso e texturado, tanto ao nível da massa como da cobertura. 
Tem ainda a vantagem, pelos ingredientes que leva, de não necessitar de muito açúcar e ser favorecido por este tom quente e outonal que adoro.
O toque final do caramelo de canela surge como opcional, e brinde para os mais gulosos, pois embora fique excelente, pode perfeitamente ser suprimido.
 
Prontíssimo para dar a saborear a intensidade do Outono.
 






































BOLO DE MARMELO, PINHÃO E ESPECIARIAS
 
Ingredientes
(10-12 fatias)

|Massa
4 ovos, médios
85 gr de açúcar amarelo
1 iogurte grego natural açucarado
60 ml de óleo
20 ml de azeite
100 gr de farinha
1 colher (sopa) bem cheia de farinha de alfarroba
1 colher (sobremesa) de fermento
1 pitadinha de sal
5 especiarias (misturar 1/2 colher de café de cada uma das seguintes especiarias: canela, gengibre, noz moscada e cravinho + pitada ligeira de pimenta cayena)
1 marmelo médio
1 colher (sopa) de mel
1 colher (sopa) de água
3 colheres (sopa) de pinhão
4 damascos, secos

|Crumble/Cobertura
3 colheres (sopa) de açúcar mascavado
1 colher (sobremesa) de farinha de alfarroba
2,5 colheres (sopa) de farinha
1,5 colher (sopa) de manteiga, fria em pedaços pequenos
1 boa pitada de canela
Amêndoa laminada
Pinhões
 
|Caramelo de Canela (opcional)
3/4 de chávena (chá) de açucar
1/4 de chávena (chá) de água
1 colher (sopa) de manteiga
1 colher (sobremesa) de canela
1/2 chávena (chá) de natas

Preparação
 
Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Untar com manteiga uma forma redonda de fundo amovível (usei de 20 cm) e revesti-la a papel vegetal também untado. Reservar.
Descascar e cortar o marmelo em pedaços pequenos. Num tachinho, levar ao lume o marmelo, a água e o mel. Deixar cozinhar até os líquidos desaparecerem e o fruto amolecer bem. Retirar do lume, triturar em puré e deixar arrefecer.
Levar a triturar os pinhões com o damasco até ficar uma pasta relativamente homogénea. Reservar.
Preparar o crumble, misturando o açúcar, as farinhas, a manteiga e a canela, e envolver muito bem com as pontas dos dedos até obter um preparado areado grosso. Reservar.
Começar o bolo, batendo os ovos com o açúcar, durante cerca de 5 minutos, até obter um preparado fôfo.
Adicionar o iogurte, o óleo e o azeite e bater um pouco mais.
Peneirar as farinhas, as especiarias, o sal e o fermento para um recipiente e acrescentar à massa, envolvendo delicadamente com uma espátula, sem bater. Por fim acrescentar o puré de marmelo, e a pasta de pinhão com damasco. Envolver bem no preparado, sem bater.
Verter a massa na forma, espalhar o crumble de cobertura por cima e distribuir um pouco de amêndoa laminada, uniformemente.
Levar ao forno cerca de 40-45 minutos.
Enquanto o bolo coze, prepara o caramelo de canela, levando ao lume (brando)num tachinho, o açucar com a água, até este se dissolver. Aumentar o lume e deixar cozinhar até começar a ganhar cor de caramelo claro, sem deixar que escureça demasiado. Acrescentar a manteiga e deixar que derreta completamente. 
Retirar do lume e adicionar as natas e a canela. Vai borbulhar bastante mas acalmará em segundos. 
Mexer bem, deixar que arrefeça e transferir para um recipiente. Reservar.
Verificar a cozedura do bolo com um palito e retirar do forno.
Deixar arrefecer cerca de 20 minutos e desenformar cuidadosamente. Colocar sobre uma grelha de arrefecimento o restante tempo.
Quando o bolo estiver completamente frio, espalhar um pouco de pinhões e de caramelo de canela, a gosto.
Servir.
 
 
 
 




 

24 comentários:

  1. Adoro bolos densos e gulosos, que perfeito que esse é! Olha, passa no meu blog para veres o meu ultimo post! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho sempre preferência por massas bem densas, e esta ficou qualquer coisa ;)

      Bjinhos

      Eliminar
  2. Que bolo toa curioso!! Apetece-me mesmo provar!! Bem consistente parece! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Natacha, bem denso mesmo... Mas uma delícia! :)

      Bjinhos

      Eliminar
  3. Pois vou ter carradas desse fruto e em boa hora chegou esta receita. Tem um aspeto fabuloso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Susana, curiosamente não eu não uso muito marmelo, mas aqui encaixou na perfeição :)

      Bjinhos

      Eliminar
  4. Humm que delícia de bolo e que bela cor.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/10/dia-um-na-cozinha-e-um-bolo-de-outono.html

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Concordo, é bem o meu tipo de interior :)

      Bjinhos

      Eliminar
  6. Ola Susana

    POis, que eu estou super curiosa com este teu bolo, pois é uma explosao de sabores e aromas que faz com que me apeteça ir ja a correr para a minha cozinha fazer um "igualinho" com direito a caramelo de canela e tudo!!! Que tentaçao!!!

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maguy, obrigada! :)
      É um bolo marcante, dúvida. E acho mesmo que não se deve deixar de experimentar :)

      Bjinhos

      Eliminar
  7. Olá Susana
    As fotos estão lindas e deixam adivinhar o quão delicioso deve ter ficado este bolo, de textura densa e húmida, mesmo com eu gosto. Tenho um saco de marmelos em casa que já não vão acabar todos na marmelada do costume :)

    Beijinhos, Paula
    http://mesa-corrida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito Obrigada, Paula :)
      Sim, acho que fazes muito bem em separar alguns para este bolinho. Vale a pena!

      Bjinhos

      Eliminar
  8. Olá Susana.
    Que bolinho tão apetitoso nos apresentas. Com sabores a lembrar tão bem o outono.
    Aquele crocante por cima deve ser a "cereja no topo do bolo".
    Adorei.
    Beijinhos
    Cláudia
    http://vidadeprazeres.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cláudia,
      Além de já adorar este tipo de massa, referes muito bem esse crocantezinho fabuloso, que lhe dá um toque ainda mais especial. :)

      Bjinhos

      Eliminar
  9. Que bom aspecto! Deve ser uma verdadeira delicia!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Ai ai o que eu gostei deste bolo! :D

    Esse interior é de babar! Ficou muito bom, que excelente participação!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito Obrigada Marlene,
      Adoro este tipo de interiores :)

      Bjinhos

      Eliminar
  11. Amiga, Ora aqui está uma optima escolha. Um bolo denso e cheio de sabor. Com pinhões que amo e caramelo que le dá aquele toque especial. Mais uma grande participação. Beijinho enorme

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito Obrigada, amiga! :)
      Depois de escolher o fruto lá foi, e acho que resultou muito bem.

      Bjinhos

      Eliminar
  12. Querida Susaninha,
    Eu adoro todas as estações e sim, todas têm os seus encantos mas adoro os frutos e legumes e as cores outonais e AMO este teu bolo e essa combinação de ingredientes que utilizaste.
    O aspecto é de dar água na boca e fiquei com vontade de provar essa fatia.
    Um beijinho e boa semana,
    Lia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lia, apesar de apreciar muito as estações mais quentes sempre tive mais tendência para estes dias, em que as cores são claramente as minhas! :)
      E adoro o que a natureza nos dá nesta altura do ano.
      O bolinho, esse ficou bem jeitoso e cheio de personalidade :)

      Bjinhosss

      Eliminar



Opiniões agradecem-se! Fiquem à vontade :)