27/07/15

Doce de Arroz com Amêndoa e Alfarroba




Nunca fui muito dada a coleccionar coisas. Quando, em miúda o resolvia fazer, não durava muito tempo. Mas algo que iniciou cedo e tem sido uma constante é o acto de ler e guardar receitas.
Começou com o hábito de recortar as que via em revistas. Depois veio o gosto pelas revistas de culinária. Mais tarde colecções temáticas que faziam parte de revistas femininas ou generalistas. Até começar a faltar espaço e capacidade de organização, e ter de despachar os recortes que me pareciam menos interessantes.
Os livros de chefs ou foodbloggers, que agora mais proliferam lá por casa, chegaram mais recentemente, já com o blog.

No meio de toda esta saborosa "literatura", acumulei colecções que se mantém nas prateleiras, por vezes anos, sem que as visite.
Recentemente voltei a desfolhar a "Sabores do Mundo", um conjunto de livros do Círculo de Leitores, encontrando lá, agora com outros olhos, atenção e sensibilidade, tanta base e matéria fantásticas para explorar e aprender. Muito. 

Esta sobremesa super fácil de preparar, encontrei-a no livro sobre Marrocos.
Além do seu aspecto, simples mas diferente, chamou-me imediatamente a atenção a inclusão da amêndoa e a utilização da farinha de arroz numa versão em que nunca a tinha usado, em creme.

Das alterações: achei que a alfarroba lhe daria um tom mais moreninho e como tal um toque mais quentinho. Vai daí resolvi introduzi-la na receita.
Substituí a glucose por mel e suprimi a água de flor de laranjeira, que não tinha.
É uma sobremesa bem interessante, com sabores marcantes mas simultaneamente leves, uma textura que me agrada particularmente, e quase quase sugar free.  

Um doce do mundo árabe que aconselho mesmo a experimentar.






































DOCE DE ARROZ COM AMÊNDOA E ALFARROBA
(Livro "Marrocos", Colecção "Sabores do Mundo", do Círculo de Leitores)


Ingredientes
(6 tacinhas)

75 gr de amêndoas moídas
2 colheres (sopa) de amêndoa com pele
1 colher (chá) de azeite virgem extra
1/2 colher chá de açúcar em pó
75 gr de farinha de arroz
1,5 colher (sopa) de farinha de alfarroba
600 ml de leite de amêndoa
50 gr de mel
1 colher (café) de extracto de baunilha

Preparação 

Aquecer o azeite e saltear a amêndoa com pele em lume brando, mexendo de vez em quando, até ficarem douradas. Retirar do lume, juntar o açúcar em pó e depois de arrefecer cortar em lascas pequenas. Reservar.
Colocar a farinha de arroz e a amêndoa moída num tachinho, e aos poucos ir adicionando o leite de amêndoa. Levar ao lume médio até ferver, colocar no mínimo e mexer continuamente. Acrescentar a farinha de alfarroba, o mel e o extracto de baunilha. Mexendo sempre, com o lume no mínimo, deixar cozinhar até engrossar, por cerca de 2 minutos.
Colocar nas tacinhas e deixar arrefecer.
Decorar com as amêndoas fritas em lascas.
Levar ao frigorífico antes de servir.






12 comentários:

  1. Sabes, tinha e tenho o mesmo problema! Até já falei sobre isso no blog! Na minha adolescência gastava a minha semanada/mesada em revistas de culinária! E ainda hoje perco-me por receitas e gosto de guardar tudo o que posso! Mesmo que não chegue nunca a experimentar todas, gosto de tê-las! Esse doce não conhecia mas fiquei cheia de vontade de experimentar! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como te compreendo! Ainda hoje me é dificil cotrolar essa "compulsão", mas como não dá para tudo, temos de optar ;)
      Nesta fase prefiro investir em livros.

      Bjinhos

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Eu gostei mesmo muito, mas é preciso apreciar a textura que é um pouco invulgar :)

      Bjinhos

      Eliminar
  3. Looks yummy and healthy!

    http://beautyfollower.blogspot.gr/2015/07/giveaway-evil-eyetote-bag.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. It´s very yummmmmy and reeeealy healthy :)

      Bjinhos

      Eliminar
  4. Susana, minha amiga, eu ainda só tinha acabado de ler o título e já estava aqui a salivar-me por todos os lados (sim, não é uma imagem bonita) ehehe. Mas que docinho mais delicioso, adorei tudo e achei uma ideia fantástica teres adicionado a alfarroba. O toque dos frutos secos para dar textura é a "cereja" no topo do doce. :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Célio, quando li a receita fiqeui curiosa quanto a usar farinha de arroz assim em creme. E a alfarroba sempre aquece mais a coisa :D além do fantástico ar moreninho.
      Só te posso dizer que adorei este docinho!!!

      Bjinhos

      Eliminar
  5. Um creme diferente mas que deve ser delicioso, e o uso da farinha em vez do grão de arroz faz com que seja também muito rápido. A experimentar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi essa diferença que me cativou, Gori!
      Fiquei curiosa e só te digo que adorei o resultado! E sendo mais saudavel ganha muito pontos ;)

      Bjinhos

      Eliminar
  6. Eu assim que leio alfarroba fico logo a gulosar-me :) adoro!
    E conheço bem essas "colecções", tenho em casa tantos livros e revistas antigos que guardo e adoro geralmente na altura do natal pegar neles e viajar em sabores.
    Este creme com amêndoa e alfarroba e mel deve ser uma delícia!
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu não sei, Inês? :) Foste das 1ªs pessoas com quem falei sobre alfarroba, quando era ainda um ingrediente novo para mim. Também gosto tanto! :)
      E adorei este creme.

      Bjsssss

      Eliminar



Opiniões agradecem-se! Fiquem à vontade :)