29/09/16

Crumble de Outono










































O que faz um bom prato? 
O seu sabor, intensidade, textura, cor. Todos os atributos que lhe conferem alma. Às vezes mais ligeira, quase ténue, outras vezes cheia de força e bem vibrante. E outras vezes há que basta apenas fome para fazer um bom prato. Ele até podia não ser nada por aí além, mas naquele momento esfomeado soube magnificamente.

Pois este crumble foi feito e saboreado calmamente e com a fome na medida certa. É básico no seu conceito e execução mas cheio de atributos que enchem a alma.
É muito bom porque está carregado de contrastes deliciosos, de sabores, texturas e densidades. Porque é um saudável dos que adoro, que só dá vontade de repetir e repetir. E porque é altamente nutritivo mas simultaneamente ligeiro e cheio de aromas fantásticos.

É um crumble salgado que reflecte Outono por todo o lado e exalta as cores desta estação. Foi seguramente dos pratos mais viciantes que comi recentemente e não serão poucas as vezes que o repetirei.
A quem quiser entrar no espírito deste envolvente Outono, asseguro que não sairá o mesmo. Mas antes, muito mais feliz.

Bom Outono! Ameno. Cromática e aromaticamente perfeito. Só cheio do melhor.







































CRUMBLE DE OUTONO

Ingredientes
(3-4 pessoas)

150 gr de abóbora (usei hokkaido)
2 dentes de alho, médios
1 talo de alho francês
6 cogumelos paris, médios
1/2 curgete, média
Azeite 
Sementes de cominhos
Sal marinho tradicional, by Necton
Pimenta preta
Pimentão doce fumado
Açafrão
Mistura de especiarias "couscous da bahia" (Jumbo)
Coentros frescos
1,5 chávena (chá) de broa de milho
1/2 chávena (chá) de nozes
2 colheres (sopa) de flocos de aveia
100 gr de queijo feta
Mistura de sementes (abóbora, linhaça e girassol)

Preparação

Descascar a abóbora, corta-la em pedaços pequenos e levar a cozer em água temperada com sal. Quando estiver macia, retirar da água e reservar.
Num processador/triturador colocar as nozes, a aveia e um dente de alho e triturar bem. De seguida acrescentar a broa, os coentros e uma pitada de sal e pimenta. Triturar novamente até obter um crumble relativamente fino. Por fim adicionar o queijo feta e um fio ligeiro de azeite, e triturar mais um pouco só até envolver. Reservar.
Pré-aquecer o forno a 190ºC.
Numa wok ou frigideira anti-aderente levar um fio de azeite ao lume e acrescentar um dente de alho esmagado, o alho francês laminado e as sementes de cominhos. Deixar cozinhar um pouco apenas para amaciar e acrescentar a abóbora, a curgete (com pele) e os cogumelos, adicionando uma pitada de sal, pimenta, pimentão doce, o açafrão e a mistura de especiarias. Deixar cozinhar uns 5-6 minutos até a abóbora ficar mais cremosa. Rectificar temperos, acrescentar um pouco de coentros frescos e retirar do lume.
Pincelar com azeite um recipiente de ir ao forno e espalhar os legumes na base. Por cima distribuir o crumble seguido da mistura de sementes. 
Levar ao forno cerca de 18-20 minutos, até ganhar cor e os legumes borbulharem um pouco. 
Retirar do forno e comer quentinho.





20 comentários:

  1. Susana querida,

    ai um crumble, gosto tanto, claro que os docinhos ocupam um lugar de eleição, mas no ano anterior fiz um salgado e com abóbora e gostamos todos.
    O teu tem tudo que eu gosto, e cogumelos e sementes que bom, uma delicia.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sandrinha,

      Este prato foi sem duvida dos mais surpreendentes dos últimos tempos. Adorei o resultado e consolei-me! ;)
      É maravilhoso!

      Bjinhos

      Eliminar
  2. Minha querida Susana que gosto me dá em ler as tuas palavras e ver esta receita maravilhosa que me enche a alma e o coração. Uma receita bem outonal, que dança a música desta estação.
    O que faz um bom prato? Para mim são as memórias, as histórias associado a uma receita repleta de sabor, aromas e texturas. Alguma cor e eis um prato que me agrada. Gosto de sentir cada textura, cada aroma e saborear calmamente. À boleia de uma conversa ou na companhia de quem gostamos melhor ainda.
    Já te disse que adoro esta receita ;)
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E as tuas palavras que sempre me encantam também. Tu sabes! ;)
      Este prato é perfeito e sim, já me disseste que fizeste e adoraste. E eu fico super feliz! :D

      Bjinhos grandes

      Eliminar
  3. É diferente e surpreende por ser salgado! beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Surpreende também a capacidade que tem de te envolver e saciar, Elisabete! :)
      Adorei este crumble.

      Bjinhos

      Eliminar
  4. Nunca fiz m crumble salgado, gostei da lista de ingredientes.
    E pelo aspecto tenho a certeza que ia gostar.
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo bom, São! :)
      Cheio de texturas e repleto de sabores intensos.

      Bjinhos

      Eliminar
  5. Adoro crumbles... nunca tinha visto um salgado, mas já me parece delicioso, e perfeito para o outono. Tenho que experimentar!

    Welcome to 104

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força! :D
      É perfeito para esta altura e mesmo muito bom.
      Obrigada pela visita!

      Bjinhos

      Eliminar
  6. Adorei a sugestão, bem aromática e diferente :)
    Beijinhos...
    Blog: Guloso qb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo isso, Carla!
      Um delícia outonal ;)

      Bjinhos

      Eliminar
  7. Olá Susana,
    partilho da opinião da Ana, e acho que aquilo que faz um prato, além do seu sabor obviamente, são as memórias que desperta...
    Acho que nunca tinha visto um crumble salgado, e achei deliciosa a ideia. Parece-me bem simples de executar. Esta é sem dúvida uma receita a reter.

    Beijocas grandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, Martinha... as memórias são parte essencial da relação que temos com a comida. Uma parte que adoro.
      Este crumble encantou mesmo!

      Bjinhos

      Eliminar
  8. Muito bom. Deve ser óptimo mesmo Susana.
    Beijinho!!!!

    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na minha opinião é excelente, Tânia! :)

      Bjinhos

      Eliminar
  9. Não sei como é que ainda não seguia este blog, mas hoje finalmente vim colmatar a falha! Já conhecia há bastante tempo de nome, quer através do sweet world quer através de outras coisas, por isso o 'basta cheio' já me parece ser um daqueles blogs sempre presentes que toda a gente conhece. Mesmo assim superou expectativas - que fotos tão lindas e que receitas tão deliciosas! Este crumble parece-me mesmo bom, tenho de fazer um crumble salgado com urgência. Tem tudo para ser viciante! :)
    Já me tornei seguidora e irei voltar, ficaria muito contente se quisesses ir dar uma espreitadela no meu também :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito Obrigada pelas palavras, Avelã! :)
      Este crumble é delicioso e prefeito para estes dias.
      Nada como experimentar. ;)

      Bjinhos

      Eliminar
  10. eu gosto muito mais de receitas salgadas do que doces - e se forem agridoces melhor ainda! é muito original este crumble, faz-me lembrar migas (deve ser por causa da broa). tenho ali feta, acho que vou experimentar! bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, Maria... a broa ali por cima pode nos aproximar um pouco das migas, sim. :) E eu adoro!!!
      Experimenta e diz-me! ;)

      Bjinhos

      Eliminar



Opiniões agradecem-se! Fiquem à vontade :)